Passe o mouse para ampliar
Apostila SEDUC-RS 2013 - Educação Física, Linguagens e suas Tecnologias
Apostila SEDUC-RS 2013 - Educação Física, Linguagens e suas Tecnologias Apostila SEDUC-RS 2013 - Educação Física, Linguagens e suas Tecnologias Apostila SEDUC-RS 2013 - Educação Física, Linguagens e suas Tecnologias

Apostila SEDUC-RS 2013 - Educação Física, Linguagens e suas Tecnologias

Código: ANSEDUCRS-03
Por: R$ 29,90
Calcule o frete e o prazo de entrega estimados para sua região. Dúvidas? Clique aqui.

   

 

(272 PÁGINAS)

CONTEÚDO DA APOSTILA SEDUC-RS 2013 DE EDUCAÇÃO FÍSICA - LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS

CONHECIMENTOS DA HABILITAÇÃO

A importância do lúdico para o desenvolvimento humano.
Educação Física e culturas corporais.
O esporte e o lazer na sociedade.
A Educação Física, os Jogos e as vertentes do Esporte.
Políticas públicas para esporte, recreação e lazer.
Atuação, competências e formação do professor.
Objetivos e finalidades da Educação Física Escolar.

Bibliografia
ALMEIDA, Telma Teixeira de Oliveira & Monteiro Alessandra Andrea – Educação Física no Ensino Fundamental.
2008. Editora: Cortez.
BRACHT, V. Esporte na escola e esporte de rendimento. Revista Movimento. nº 12 V. 6 , p. XIV-XXIV, jan-jun/2000.
Porto Alegre: ESEF/UFRGS. WWW.esef.ufrgs.br/movimento
CAPARRÓZ, Francisco Eduardo. Entre a Educação Física na escola e a Educação Física da escola Campinas, Editora
Autores Associados, 2005.
CASTELLANI FILHO, L. ; SOARES, C. L. ; TAFFAREL, C. ; VARJAL, E. ; ESCOBAR, M. O. ; BRACHT, V. .
Metodologia do ensino de educação física. 2. ed. São Paulo: Cortez Editora, 2009.
DARIDO, S. C. et alii..”A Educação Física, a formação do cidadão e os parâmetros curriculares nacionais”. Revista
Paulista de Educação Física, v. 15, n. 1, p. 17 – 32. São Paulo, UFSCAR , 2001. www.ufscar.br
GAYA, Adroaldo.” Sobre o esporte para crianças e jovens”.Revista Movimento, v. 6,. nº 13, p.I - XIV. Ago-dez/2000.
Porto Alegre: ESEF/UFRGS.www.esef.ufrgs.br/movimento GAYA, Adroaldo Cezar Araújo.” O corpo que não vai à escola”. In: SILVA, Luiz Heron da et alii ( orgs ). Identidade
Social e a Construção do Conhecimento. Porto Alegre: SMED – PMPA, Vc Artes Gráficas, 1997.
GOELLNER, Silvana. Gênero, Educação Física e Esporte. In: VOTRE, Sebastião. Imaginário e representações sociais em Educação Física, Esporte e Lazer. Rio de Janeiro: Ed. Gama Filho, 2001.
________.” A Educação Física e a construção de imagens de feminilidade no Brasil dos anos 30 e 40”.: Revista
Movimento, v. 6, n. 13, p. 61-70, Porto Alegre, ESEF/UFRGS, 2002.www.esef.ufrgs.br/movimento
_________” A producao cultural do corpo”. In: LOURO, G. L.; NECKEL, J. F. e GOELLNER, S. V. Corpo, gênero e sexualidade: um debate contemporâneo na educação. Petrópolis: Vozes, 2003.
ISRAEL, Vera Lúcia & BERTOLDI,Andréa Lúcia Sério. Deficiência Físico-Motora: Interface entre Educação Especial e Repertorio Funcional. Curitiba, Editora IBPEX, 2010.

Didatismo e Conhecimento

MARCELLINO, Nelson Carvalho. Lúdico, Educação e Educação Física. Ijuí, Editora Unijuí, 2003.
MARCELLINO, N. C. “Lazer e Educação Física”. In: DE MARCO, A. (Org.) Educação Física: cultura e sociedade.
Campinas: Papirus, 2006. 119
MARTINS, Ida C. et alii. Aulas de Educação Física no Ensino Médio. Campinas, Editora Papirus, 2010.
MATTOS, Mauro Gomes de & NEIRA, Marcos Garcia . Educação Física na Adolescência. São Paulo, Phorte Editora, 2008.
MEDINA, João Paulo Subira- A Educação Cuida do Corpo e ... Mente. Campinas,. Editora Papirus, 2010.
MOLINA NETO, Vicente & MOLINA, Rosane.” Capacidade de escuta: questões para a formação docente em educação física”. Revista Movimento, v.8, nº 1, jan-abr/2002. p.57-66. Porto Alegre: ESEF/UFRGS, 2002. www.esef.ufrgs.
br/movimento
PAES, R. R. & BALBINO, H. F. “A pedagogia do esporte e os jogos coletivos”. In: DE ROSE JR, Dante (org.). Esporte e atividade física na infância e na adolescência: uma abordagem multidisciplinar. Porto Alegre: Artmed, 2009.
SCALON, Roberto Mário. A Psicologia do Esporte e a Criança.. Porto Alegre:, Editora: EdiPucrs, 2004.

ÁREA DE CONHECIMENTO

LINGUAGENS e suas Tecnologias
- Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental de 9 (nove) anos.
BRASIL. Ministério da Educação e Cultura / SEF. Parâmetros Curriculares Nacionais: ensino Fundamental Documento Introdutório, 1996.
Linguagens, códigos e suas tecnologias / Secretaria de Educação Básica. – Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2006. 239 p. (Orientações curriculares para o ensino médio ; volume 1).
ALARCÃO, I. et alii. Escola reflexiva e nova racionalidade. Porto Alegre, Artmed, 2001.
CARRETERO, M. Construtivismo e educação. Porto Alegre, Artmed, 1997.
KLEIMAN, A. MORAES, S. Leitura e Interdisciplinaridade: tecendo redes nos projetos da escola. 1996. Campinas:
Mercado de letras.
MORAES, R. & LIMA, V.M. R. (orgs.) Pesquisando em sala de aula – tendências para a educação em novos tempos.
Porto Alegre, Edipucrs, 2004.
MOREIRA, A.F. & SILVA, T.T. (orgs.) Currículo, cultura e sociedade. São Paulo, Ed. Cortez, 1995.
SACRISTÁN, J.G. O currículo: uma reflexão sobre a prática. Porto Alegre, Artmed, 2000.
SACRISTÁN J.GIMENO, Compreender e Transformar o Ensino, 4ª Ed. Artmed, Porto Alegre, 2000.
SANTOS, Milton. Técnica, espaço, tempo: globalização e meio técnico-científico informacional. São Paulo: Hucitec, 1997.
VASCONCELLOS, Celso S. Vasconcellos. Planejamento - Avaliação da aprendizagem: Práxis de mudança - Por uma
práxis transformadora, São Paulo: Libertad, 2003.
VYGOTSKY, L.S. A construção do pensamento e da linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 2001.
VYGOSTSKY, L. S. Construção Social da Mente. São Paulo: Martins Fontes, 2002.
WEISZ,Telma. O diálogo entre o ensino e a aprendizagem. São Paulo, Ática 2000.
ZABALA, Antoni, Enfoque Globalizador e Pensamento Complexo - Uma proposta para o currículo escolar, Artmed 2002.
ZABALA, A. A prática educativa- como ensinar. Porto Alegre, Artmed, 1998.


* A Loja Tudo Para Concursos reserva-se o direito de verificar as informações de cadastro, sob pena de recusar ou cancelar o mesmo.
* Desconto promocional válido temporariamente ou enquanto durarem os estoques.
* Os preços, descontos e promoções podem ser alterados e/ou finalizados sem aviso prévio.
* Para compras faturadas é necessária análise prévia de cadastro.
* Para compras de produtos em Pré-Venda a data entrega do Pedido, caso este contenha itens a pronta-entrega, estará vinculada a data de lançamento do produto em Pré-venda.

Valid XHTML 1.0 Strict